Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.

BLOG

Abdon ressalta força do turismo da Serra gaúcha e Rede Plaza de Hotéis se prepara para este novo mercado

O secretário municipal de Turismo de Bento Gonçalves, Gilberto Durante, é um dos que confirmam a boa frequência. “Ao contrário de outros segmentos econômicos, o turismo, na cidade, teve um crescimento bastante interessante”, frisa o dirigente. De janeiro até o dia 31 de maio, em torno de 480 mil visitantes passaram pelo município. O aumento foi de aproximadamente 20%, em relação ao mesmo período do ano passado. Durante reforça que é feito um trabalho permanente de promoção do turismo local, fundamentalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País, mas o fator decisivo para o bom desempenho foi a alta do dólar. Esse fenômeno, conforme o secretário, aqueceu o mercado doméstico e enfraqueceu o do exterior. Se o dólar alto acaba inibindo muitos turistas brasileiros a fazerem passeios internacionais, como Miami e Nova Iorque, o cenário contribui para a atração aos destinos internos do Brasil. Entre as localidades que estão sendo favorecidas por esse panorama estão a Região das Hortênsias e a Serra gaúcha. Empreendedores turísticos atestam que o primeiro semestre deste ano e a estação de inverno têm sido bem movimentados.
O dirigente enfatiza que Bento Gonçalves possui a vantagem de ser o principal destino de enoturismo no Brasil, contando com 74 vinícolas. Além disso, a Serra gaúcha desperta um forte interesse na estação de inverno. O secretário afirma que os meses de junho e julho também foram excelentes para o turismo da região. Outro chamariz da cidade é o turismo de negócios, com o município sediando várias feiras e congressos. Durante afirma que Bento Gonçalves fechou o ano passado, entre pequenos, médios e grandes eventos, com a marca de 1.326 acontecimentos. A proximidade com outros destinos turísticos, como Garibaldi, Carlos Barbosa, Gramado, Canela, entre outros, facilita o desenvolvimento do setor. O secretário detalha que a maior parte do público visitante é constituída de gaúchos (cerca de 40% do total), seguidos de paulistas, catarinenses, paranaenses, entre outros. Entre as novidades que têm contribuído para o turismo da Serra gaúcha estão as gravações de um longa-metragem do ator e diretor Selton Mello, intitulado “O filme da minha vida”, e da novela “Além do tempo”, que destacam as paisagens locais.
O diretor de turismo da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul, Abdon Barretto Filho, ressalta que o trabalho no segmento turístico é feito há anos na Região das Hortênsias e na Serra gaúcha. Com isso, essas regiões podem disputar o interesse dos turistas, mesmo aqueles que têm histórico de viagens internacionais, principalmente, quando o dólar encontra-se em um momento de valorização. No entanto, Barretto Filho admite que a Serra e a Região das Hortênsias conseguem capitalizar essa oportunidade melhor que outras partes do Estado.
O dirigente espera que a situação econômica do Brasil torne-se mais tranquila com a proximidade do final do ano e, com isso, mantenha-se uma boa movimentação turística no verão. “O Rio Grande do Sul é competitivo, porque temos uma variedade de opções turísticas muito grande”, frisa o diretor.

Canela e Gramado aprimoram serviços e infraestrutura disponibilizados para os turistas
Além das exuberantes belezas naturais das duas cidades, Canela e Gramado contam com uma sólida infraestrutura turística para atender à demanda nessa área. E os serviços e equipamentos para receber os visitantes nesses municípios estão constantemente sendo melhorados ou acrescidos de novas atrações.
O diretor da empresa Parques da Serra Bondinhos Aéreos, Fabrício Bogo, lembra que a companhia iniciou as operações no ano passado. Os aparelhos permitem, entre outros benefícios, uma linda vista da famosa Cascata do Caracol. O empreendimento registrou um aumento de 52% no movimento nos sete primeiros meses de 2015, alcançando mais de 190 mil pessoas entre janeiro e julho. O percurso feito pelos bondinhos é de 840 metros, saindo e voltando para a estação central, sendo 12 bondes no total, cada um com capacidade para transportar até oito pessoas.
Para Bogo, um dos motivos do incremento do público foi o fato da empresa tornar-se mais conhecida. O dirigente também considera que a Copa do Mundo foi algo que atrapalhou o turismo na Região das Hortênsias no ano passado. O executivo prevê que, com eventos como o Natal Luz e o Sonho de Natal, a tendência é do turismo ainda permanecer ativo entre novembro e janeiro.
O Villa Bella Hotel Conceito, em Gramado, foi outro complexo que registrou crescimento. O diretor Roger Bacchi revela que a ocupação do hotel (que possui 99 unidades) nos meses de junho e julho, em relação ao mesmo período do ano passado, praticamente dobrou, alcançando um patamar de cerca de 80%. O executivo argumenta que essa elevação também se deve à comparação com a fraca base de 2014, com a decepção que foi a Copa do Mundo. “Foi um erro grosseiro a previsão da organização do torneio quanto à ocupação da rede hoteleira”, lamenta Bacchi. O dirigente revela que quatro anos antes dos jogos, o hotel tinha contrato firmado com a companhia que administrava para a Fifa a parte de hospedagem, garantindo 60% da capacidade do hotel para os meses de junho e julho de 2014. E, em abril, foram canceladas todas as reservas.
Já a diretora da BusTour, Adriane Brocker Boeira, informa que, entre janeiro e julho, os ônibus turísticos da empresa, que percorrem diversas atrações nos municípios de Gramado e Canela, levaram mais de 30 mil passageiros. O desempenho é cerca de 150% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. O serviço é feito atualmente por quatro ônibus, de dois andares, com a parte de cima aberta, e que possuem áudios explicativos em português, inglês e espanhol. Cada veículo tem capacidade para comportar cerca de 75 pessoas.
O secretário de turismo de Canela, Leandro Oliveira, considera o aumento de 30% no fluxo de turistas, entre 20 de maio e 15 de agosto, como algo inesperado. Oliveira também cita a elevação do dólar como um fator que aqueceu o turismo nacional, em particular o da região Sul do Brasil, onde a temporada de inverno foi muito divulgada.

Plaza
A Rede Plaza de Hotéis, Resorts & SPAs está com dois projetos em discussão e andamento na Serra gaúcha: em Bento Gonçalves e Gramado. Brevemente, a empresa passará a administrar hotéis da marca nestas duas cidades. A previsão é de dois anos.

Fontes: JK/JC e Assessoria de Imprensa Plaza Hotéis

Assessoria de Comunicação Social da Rede Plaza de Hotéis, Resorts & SPAs


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades

2020-10-26 16:44:57 - 1603730697
Já foi!