Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.

BLOG

Corecon/RS discute sistema tributário mais justo com o doutor em Economia Sérgio Wulf Gobetti no Plaza São Rafael Hotel

Um sistema tributário mais justo foi abordado na edição desta semana do Economia em Pauta, promovido pelo Conselho Regional de Economia (Corecon/RS) no Plaza São Rafael Hotel e Centro de Eventos. O doutor em Economia Sérgio Wulf Gobetti defendeu uma reforma tributária que incidisse maior participação sobre os mais ricos. “O Brasil tem uma das maiores cargas tributárias dos países em desenvolvimento no mundo. É uma carga tributária semelhante a muitos países europeus, mas diferentemente das economias avançadas é muito concentrado no consumo e pouco concentrado na renda”, afirmou.
Gobetti comparou o sistema tributário brasileiro à jabuticabeira, que, diferentemente de outras árvores, que dão o fruto nos galhos mais altos, a jabuticabeira dá fruto a partir do caule. “Essa característica do sistema tributário brasileiro torna ele o que chamamos de regressivo, ou seja, ele acaba onerando o pobre muito mais que o rico. O pobre gasta quase toda a sua renda em consumo”, garantiu.
A sugestão do economista é que o país adote a tributação progressiva, que onera as maiores rendas. “Um das correções tributárias que temos defendido é a retomada da tributação de lucros e dividendos e a redução da tributação sobre o consumo”, opinou.
Porém, Gobetti não acredita que o atual modelo seja alterado no Congresso de modo fácil. “O nosso congresso é muito vulnerável a lobbies por causa de interesses econômicos. É difícil imaginar como uma proposta com essa característica possa avançar, mas a gente acha possível se a reforma com a tributação de rendimentos contemple outras medidas como a redução da tributação sobre consumo, melhoria da tributação sobre o lucro das empresas”, completou.


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades

2020-05-29 15:59:14 - 1590767954
Já foi!