Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.
Nº de quartos
1
Quarto
Adultos
1
Crianças 0 aos 12 anos
1
Criança
Reservar

BLOG

Estimativas da FBHA apontam que hospedagem terá resultado positivo durante a Copa do Mundo

A ocupação dos estabelecimentos de hospedagem, que abrangem hotéis, pousadas, albergues, pensões e motéis, aponta resultados positivos para o setor nas 12 cidades-sede durante a Copa do Mundo. A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) acredita que o número de quartos ocupados pelos turistas que virão para os dias de jogo alcançou as expectativas dos empresários. De acordo com as estimativas da Federação, o Rio de Janeiro lidera o ranking com 98% de ocupação, seguido por Recife, com 90%.
A tabulação dos dados pela FBHA considera os períodos de reserva para os dias de jogos, três diárias: a que antecede, o dia da partida de futebol e o dia seguinte. São Paulo, com 65% de ocupação, terá provavelmente um índice menor do que registra nos meses de junho e julho. Durante a Copa, a cidade deixará de receber os eventos e os congressos de negócios que mantêm a boa ocupação da hotelaria.

“Cada cidade-sede tem especificidades que estão determinando o número de reservas. De um modo geral, podemos dizer que a taxa de ocupação é positiva, apesar dos percalços que o setor enfrentou durante a preparação para o Mundial de Futebol“, analisa Alexandre Sampaio, presidente da FBHA.

De acordo com Sampaio, em alguns casos a ocupação pode ser considerada muito boa, como Brasília, 70%, já que julho é período de recesso do Congresso Nacional e, consequentemente, os hotéis têm baixas reservas e, também, Porto Alegre, com 80%, por causa da proximidade com países da América do Sul a cidade receberá muitos turistas da região, além de ter uma agenda de jogos que desperta grande interesse de torcedores.
Belo Horizonte terá uma taxa de ocupação de 62%; Cuiabá, 65%; Salvador, 68%; Fortaleza, 75%; Natal, 70%; Manaus, 65% e Curitiba, 60%.

A FBHA, com representatividade em âmbito nacional nos setores de hospedagem e alimentação fora do lar, utilizou como base para a tabulação dos números os dados dos sindicatos patronais filiados à instituição, 66 em todo o País, e também dados dos escritórios regionais da FBHA de São Paulo, Salvador e Belo Horizonte e da ABIH-SP, ABIH-MG e ABIH-BA.

Cidade-sede/Taxa de ocupação dos estabelecimentos de hospedagem (hotéis, pousadas, albergues, pensões e motéis) no período de jogo.

RIO DE JANEIRO 98%
SÃO PAULO 65%
BELO HORIZONTE 62%
BRASÍLIA 70%
CUIABÁ 65%
SALVADOR 68%
RECIFE 90%
FORTALEZA 75%
NATAL 70%
MANAUS 65%
PORTO ALEGRE 80%
CURITIBA 60%

 

Fonte: Geo Comunicação

21 2214.5221

Geisa Souto – 21 99943.5159

geisa.souto@geocomunicacao.com.br

Lilian Pinto –21 99118.7118

lilian.pinto@geocomunicacao.com.br

 


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades

2022-05-17 11:40:09 - 1652787609
Já foi!