Central de Reservas: 0800 70 75 292
Acompanhe-nos
nas redes sociais

BLOG

Saiba mais sobre Jacarepeguá, bairro próximo à Barra

O bairro hoje é um dos mais cobiçados por empreiteiras na cidade. 70% das unidades habitacionais lançadas no Rio de Janeiro nos últimos 10 anos estão na região

“E Jacarepaguá é longe pra caramba. Jacarepaguá só se eu tiver de carro. Jacarepaguá só se eu tiver na Barra. Se não vou nem se amarrado”. O trecho desta música (Ônibusfobia), da banda Jota Quest, deixou o bairro de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, conhecido nacionalmente. Próximo à Barra da Tijuca, onde está localizado o Plaza Barra First, é hoje um dos mais cobiçados por empreiteiras na cidade. Segundo dados da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi), 70% das unidades habitacionais lançadas na cidade nos últimos dez anos estão na região. Por isso são muitas as ofertas de casas e apartamentos em Jacarepaguá. O bairro é o quinto mais populoso da cidade: são quase 160 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além das muitas construções residenciais, o Parque Olímpico é a maior obra da região. No terreno de 1,18 milhão de m², foram disputadas 16 modalidades olímpicas e 10 paralímpicas durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. O comércio de rua de Jacarepaguá é forte, principalmente na Estrada dos Bandeirantes e Estrada dos Três Rios. Quando o assunto é cultura e diversão, os moradores têm à disposição o Espaço Cultural da Escola Sesc de Ensino Médio, que oferece sessões de cinema, apresentações musicais e teatrais. São muitos os shoppings e centros de compras, escolas públicas e privadas e cursos de línguas. Alguns importantes hospitais também ficam em Jacarepaguá. Há grande oferta de transporte público. Os ônibus da chamada Transcarioca levam moradores da região até à Ilha do Governador, onde está o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

História do bairro

A história de Jacarepaguá, que em tupi significa “Vale dos Jacarés”, começou ainda no século XVI, quando terras foram doadas pelo governador a nobres da época. Já nos séculos XVIII e XIX, o local ficou conhecido pela produção açucareira e de café, respectivamente. O crescimento do bairro teve início nos anos 1920, quando a Estrada de Jacarepaguá foi modernizada. Já em 1950, a construção da Estrada Grajaú-Jacarepaguá facilitou o acesso à zona norte e à zona central. Em 1997 foi inaugurada uma das vias mais importantes do bairro, a Linha Amarela, que conecta a zona oeste à Avenida Brasil, terminando na Ilha do Fundão.

Tá esperando o que pra visitar esse bairro tão tradicional da cidade? Aproveite para se hospedar conosco.

Fonte: Revista ZAP Imóveis e prefeitura do Rio de Janeiro


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades