Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.

BLOG

As Pêssankas, tradicionais ovos ucranianos, são um presente diferente para esta Páscoa

Em um passeio próximo ao Plaza Ecoresort Capivari, não deixe de conhecer (e comprar) as Pêssankas para a Páscoa

Vai aproveitar o feriadão de Páscoa para curtir uns dias no Plaza Ecoresort Capivari! Que tal conhecer um pouco mais sobre a cultura do Paraná e uma de suas tradições na data? Para quem não sabe, o Estado é o local com o maior número de imigrantes ucranianos no Brasil (cerca de 400 mil, dos quase 500 mil espalhados pelo país), que chegaram ao país a partir de 1895.
Uma tradição vinda da Ucrânia são as Pêssankas, uma forma de arte em ovos que chegou ao Brasil no fim do século XIX. O termo “pêssanka” (ou “pysanka” em ucraniano oficialmente transliterado) é proveniente do verbo “pyssaty”, que quer dizer “escrever”. Desta forma, na tradição e cultura ucraniana, não “pintamos” uma pêssanka, e sim “escrevemos” uma pêssanka, com o objetivo de sempre transmitir uma mensagem de amor, carinho, afeto e respeito pelo Criador, à natureza e aos semelhantes.
As pêssankas eram preparadas para presentear as divindades no início da primavera. Com a chegada do Cristianismo, ela se adaptou e passou a simbolizar a Páscoa, ou seja, a Ressurreição de Cristo e uma promessa de vida eterna. Em 988, a Ucrânia passou a adotar o cristianismo como religião oficial e a solução que o clero encontrou foi incorporar essa manifestação cultural na tradição cristã. Passou então a utilizar-se símbolos cristãos nos desenhos e a antiga festa da primavera tornou-se a Páscoa Cristã, já que ambas eram celebradas aproximadamente na mesma época do ano.

Páscoa no Paraná

Em um passeio próximo ao Plaza Ecoresort Capivari, os visitantes podem conhecer as Pêssankas. Além de lindas, hoje fazem parte da cultura do Paraná.

Para a produção, são utilizados ovos de qualquer tipo de ave, e a gema e a clara são retiradas delicadamente através de uma seringa. A “escrita” sobre a casca do ovo é feita por etapas, não com tinta, mas com um conjunto de materiais que inclui vela, cera de abelha derretida, estilete e bico de pena.
O ovo é mergulhado em uma sucessão de banhos de tingimento, a partir da mais leve, normalmente de cor amarela, e termina com o mais escuro, normalmente preto. Entre cada imersão, a cera é aplicada em áreas onde a cor anterior deve permanecer. Depois de todo o projeto concluído, a cera é derretida e um esmalte duro é aplicado. A cera de abelhas é usada porque se mantém líquida mais tempo do que a parafina, é mais flexível, e tem mais qualidade de aderência. E também, porque a apicultura era muito comum na região.
Embora duas Pêssankas nunca sejam exatamente iguais, existem certos métodos de organizá-las em combinações variadas de cores e desenhos. Os desenhos ou motivos podem ser divididos em três categorias: geométrico, plantas e animais.
A tradição diz que pessoas idosas devem receber Pêssankas de cores mais escuras e repletas de desenhos, já que se supõe que suas vidas foram cheias de acontecimentos. Crianças devem receber as suas com o branco predominando, pois ainda têm muito que viver.
Que ótimo presente para quem quer fugir dos ovos de Páscoa, não é mesmo? Programe seu feriado conosco e conheça a cultura ucraniana, tão forte em Curitiba, bem próximo ao nosso hotel. Esperamos por você e sua família!


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades