Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.

BLOG

Uma fita estreita presa em dois pontos fixos. Assim é o slackline

Uma fita estreita presa em dois pontos fixos. Assim é o slackline

Você já ouviu falar de Slackline? Pois esta é mais uma novidade do Plaza Ecoresort Capivari . A atividade pode ser praticada todos os dias perto da Capela, no resort. Quer saber mais? Então confira e ainda aprenda quais os seus benefícios.

Talvez você já tenha visto em parques ou praias as pessoas tentando se equilibrar numa fita presa em duas árvores. Isso é o slackine. E, embora seja um esporte bem descontraído e divertido, a sua prática traz muitos benefícios para a saúde física e mental.

A fita é estreita, pode ser de nylon ou de poliéster, e fica presa em dois pontos fixos, onde são realizados movimentos em cima dela. Esses movimentos podem ser estáticos ou dinâmicos. Ele une resistência física, consciência corporal e concentração. Além disso, sua prática contribui para aperfeiçoamento de outros esportes como a corrida, a escalada, o skate e o surf.

 

História

O Slackline teve origem na década de 1980 nos EUA, nos campos de escalada do Vale de Yosemite, onde as pessoas que realizavam escaladas estavam acampadas. Surgiu, então, a ideia de esticar uma fita de seus equipamentos de escalar e treinar o equilíbrio sobre elas. Assim, o que era para aperfeiçoar uma modalidade esportiva acabou se transformando em um esporte mundial.

 

Aqui no Brasil ele ganhou força em 2010, com o surgimento de centros de treinamento e aprendizado.

 

Conheça algumas de suas modalidades:

 

Slackline. É por onde se inicia. E o básico tem este nome de modalidade mesmo. O objetivo é atravessar a fita ou ficar parado se equilibrando nela o tempo que for necessário, sem cair.

 Longline. Consiste em aumentar a distância do percurso e o grau de dificuldade, já que a fita da modalidade slackline é bem menor. Quanto maior a distância, maior a instabilidade e maior é a força corporal para manter o equilíbrio.

Highline. É a modalidade mais radical e desafiadora, praticada nas alturas. O maior desafio é enfrentar o medo. Os principais locais de prática do esporte cheio de adrenalina são nas montanhas, nos prédios e em pontes. Para ser considerado highline, a altura é de no mínimo 6 metros. Por ser um esporte de risco, exige segurança maior.

Waterline. Nesta modalidade usa-se tanto a fita de 25 mm quanto a de 50 mm, sobre a água. Neste caso, o medo de queda já diminui, pois a água ajuda a amortecer possíveis tombos.

Jumpline. O tipo de fita para essa modalidade é de 3 cm de largura, sendo bem elástica para impulsionar o atleta para o alto, contribuindo para saltos e giros perfeitos. Os movimentos lembram os da cama elástica e o comprimento da fita é menor, chegando a 15 metros. E a altura também é menor: entre 50 cm a 1 metro no máximo do chão, facilitando a entrada e saída da fita.

Baseline. Esta modalidade possui os mesmos princípios que o highline, com o diferencial de que os equipamentos de segurança são substituídos por uma mochila de paraquedas nas costas. Logo, além de ter domínio no slackline, é preciso também ser conhecedor em paraquedismo. 

Shortline. É a mais segura, já que a fita é colocada em nível baixo e com as ancoragens próximas. O shortilne é indicado principalmente para iniciantes, por não exigir tanto esforço e habilidade específica em relação às outras modalidades.

Yogaline. Como o nome sugere, essa modalidade tem como finalidade fazer movimentos de Yoga na fita, exigindo mais concentração para todos os movimentos. Os praticantes trabalham bem as pernas e a mente.

 

Conheça os principais benefícios:

 

Auxilia na busca por harmonia corporal e da mente.

Trabalha com frequência regiões do corpo como pernas, abdômen e braços.

Não tem muito impacto, o que ajuda a preservar as articulações.

Pode consumir de 400 a 700 calorias durante um treino.

Trabalha os distúrbios de concentração.

Desenvolve os reflexos, aumentando a velocidade de reação corporal.

Trabalha a preparação e resistência física.

Trabalha desinibição.

Traz equilíbrio, força, definição, concentração, postura.

 

Dicas para quem vai iniciar:

Faça o esporte descalço para poder sentir melhor a fita e também obter equilíbrio. A posição inicial é colocar um pé no meio da fita slackline.

O ideal para iniciantes é sempre começar do meio. Caso ocorra a queda (praticamente inevitável), você não cai próximo a obstáculos.

Para o pé tremer menos, respire fundo e relaxe.

Fixe o olhar em um ponto próximo à ancoragem, auxiliando no equilíbrio e estabilidade.

Tente colocar o peso todo do corpo sob o pé que está na fita e abra os braços buscando o equilíbrio corporal.

Flexione um pouco a perna para conseguir achar com mais facilidade o centro da gravidade.

 

Procure orientação profissional, ou pelo menos, alguém que já seja um praticante experiente. Respeite seu tempo e seus limites. Uma hora você consegue. Faça o teste conosco aqui no Plaza Ecoresort Capivari.

 

Fonte: blogeducacaofisica.com.br


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades

2020-08-11 10:26:46 - 1597141606
Já foi!