Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais

BLOG

Que tal um sorvetinho neste calor?

De massa, no palito, na casquinha, no copinho, com frutas, confetes e o que mais você puder imaginar, o sorvete é sempre uma opção deliciosa, refrescante e doce

Quase todo mundo gosta de sorvete. No calor, então, ele é um dos mais lembrados. De massa, no palito, na casquinha, no copinho, com frutas, confetes e o que mais você puder imaginar, o sorvete é sempre uma opção deliciosa e refrescante. Ele é feito a partir da mistura de água ou leite, açúcar, gordura, suco ou aroma de frutas, emulsificante, espessante e aditivos, e possui diferentes técnicas de fabricação. Sua fórmula permite que sejam acrescentados ingredientes para obter sabores e texturas variadas. Do ponto de vista nutricional, o sorvete pode ser considerado um alimento nutritivo, pois sua fórmula possui proteína, açúcar, gordura vegetal ou animal, cálcio, fósforo, vitaminas A, B1, B2, B6, C, D, K e outros minerais que fazem bem à saúde. Os cremosos, que são preparados à base de leite, possuem altas quantidades de sais minerais, sobretudo de cálcio, essencial para o desenvolvimento e bom funcionamento dos ossos. O cálcio existente em duas bolas de sorvete equivale ao que encontramos em um copo de leite. A grande quantidade de proteína encontrada no sorvete também ajuda o organismo a manter suas funções vitais.

Doce

E para quem se assusta com os índices calóricos dessa delícia, a boa notícia é que as taxas não são assim tão alarmantes. Uma bola de sorvete de chocolate de 60 gramas, por exemplo, possui 112 calorias, quase o mesmo que 1 pão francês de 50 gramas com miolo, que tem 135 calorias. Mas isso não significa em hipótese alguma que você possa tomar potes e mais potes de sorvete, pois gordura e proteína em excesso também fazem mal para o organismo.

É fundamental observar a quantidade de gorduras trans presente na composição dos sorvetes. Tanto ela quanto a gordura normal, quando consumidas em quantidades acima do ideal, são nocivas ao organismo e podem contribuir para desencadear problemas de saúde como aumento de colesterol ruim (LDL), doenças cardiovasculares e obesidade. Fique atento aos acompanhamentos oferecidos nas sorveterias. Por trás de tantas cores e sabores das coberturas, balas, farofas e outros confeitos, se escondem centenas e centenas de calorias.

Os sorvetes de frutas costumam ser mais leves, pois são feitos com água, mas se compararmos com um sorvete de massa, as calorias são equivalentes, assim como os sorvetes à base de soja. A vantagem desse último é que por ser totalmente vegetal, pode ser consumido por pessoas que têm intolerância à lactose e ao glúten. Além disso, a proteína de soja ajuda a reduzir o colesterol ruim.

Para quem quer se refrescar sem precisar colocar a culpa na balança, a melhor opção são os sorvetes de baixa caloria e o frozen natural, que é um sorvete à base de iogurte. O frozen é menos calórico, rico em cálcio e em fibras que prolongam a sensação de saciedade alimentar, além disso não possui conservantes e colabora com o bom funcionamento do intestino.

Além desses aspectos nutricionais, segundo pesquisa realizada na Universidade de Harvard, o sorvete também pode contribuir com o aumento da fertilidade feminina. Nessa pesquisa, 18 mil mulheres foram acompanhadas e aquelas que trocaram um copo de leite integral por sorvete, consumindo pelo menos duas porções diárias de sorvete, tiveram 85% mais chances de ovular do que aquelas que não consumiam o sorvete.

Em outro estudo realizado no Centre for Neuroimaging Sciences em Londres, pesquisadores britânicos descobriram algo que muita gente já sabia: que o sorvete proporciona prazer. Para comprovar o fato, voluntários consumiram sorvete de creme e, em seguida passam por exames de ressonância magnética, que demonstraram que o sorvete afeta as zonas de prazer do cérebro, as mesmas que são ativadas quando as pessoas estão se divertindo.

E para quem acredita que o sorvete causa gripe, resfriado ou dor na garganta e por isso, só possa ser consumido no calor, médicos afirmam que esse é apenas um mito, já que o que causa gripe é um vírus e não alimentos gelados. Os países onde o consumo de sorvete é maior são os europeus, onde o inverno costuma ser bem mais rigoroso, além disso nenhuma pesquisa científica confirma a relação dessas doenças com o consumo de sorvete no frio. No caso de inflamações de garganta como amidalite, ao contrário do que muitos acreditam, os alimentos gelados são mais indicados do que os quentes.

Mesmo com tantos pontos a favor do seu consumo, em um estudo que circula na internet e que selecionou os dez piores alimentos de todos os tempos para a saúde, o sorvete conseguiu a façanha de ficar em 10ºlugar. Segundo a nutricionista canadense Michelle Schoffro Cook, os altos índices de açúcar e gorduras trans presentes nos sorvetes industrializados, além dos corantes e aromatizantes artificiais, podem causar sérios danos ao cérebro e ao sistema nervoso. Sendo assim, sempre que pudermos optar por uma opção natural no lugar de uma industrializada, estaremos fazendo a melhor escolha para o nosso organismo, isso é fato, mas com moderação você pode comer sem culpa.

 

De onde Vem o Sorvete?

 

Foi na China de 4 mil anos atrás, quando uma sobremesa à base de leite e arroz foi congelada na neve, que o sorvete surgiu. Rapidamente a delícia ganhou prestígio, mas apenas entre a nobreza, que podia dispor de leite (então uma mercadoria cara), e tinha como conservar a neve até o verão, valendo-se de câmaras frigoríficas subterrâneas. Em sua viagem à China, em 1271, o veneziano Marco Polo teria encontrado grande variedade de cremes congelados de frutas. As receitas vieram em sua bagagem, mas não saíram da Itália até meados do século XVI, quando um certo Buontalenti, cozinheiro de Catarina de Médici (1519-1589), introduziu a requintada sobremesa na corte francesa. Em 1670, o siciliano Francisco Procópio abriu em Paris um café que vendia sorvetes – a primeira sorveteria da história. O sucesso foi tão grande que, seis anos depois, havia mais de 250 fabricantes de sorvete na capital francesa.

 

E para as crianças de até 12 anos hospedadas no Plaza São Rafael no Verão, oferecemos um welcome Ice Cream sabor do dia*. Aproveite!

 

*Promoção válida até 28 de fevereiro de 2019).

 

Fonte¹: superinteressante

Fonte ²: www.dicasdemulher.com.br


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades