Central de Reservas: 0800 70 75 292
PT EN Acompanhe-nos
nas redes sociais
Acesso restrito.

BLOG

Série Chuteira Preta estreia na televisão com cenas gravadas no Plaza São Rafael

Chuteira Preta tem diversas cenas gravadas no Plaza em Porto Alegre

Foram vários dias de gravação em Porto Alegre. No Plaza São Rafael Hotel não era difícil para a equipe interna e os hóspedes se depararem, nos corredores ou restaurantes, com um artista brasileiro bem conhecido. A série Chuteira Preta estreou no último final de semana e, já no primeiro capítulo, na primeira cena, as imagens captadas no Hotel são reveladas. Todos que assistirem irão ver as cenas gravadas no Plaza, muitas vezes, em madrugadas. Com certeza, quem conhece, identificará com clareza os belos cenários do São Rafael, uma referência da capital do Estado do Rio Grande do Sul e também no Brasil.
A Gerente de Marketing Cláudia Hörbe destaca “que é impossível não sentir uma certa emoção em saber que a Rede Plaza apoia tantas ações culturais e recebe importantes projetos como esse do mundo cinematográfico. Do cinema ou das séries televisivas já nasceram muitas amizades que viabilizam novas parcerias e ações. A cultura precisa receber apoio, por isso, todas as formas artísticas são vislumbradas por nós”.

Cenas Chuteira Preta no Plaza

Algumas das cenas da série Chuteira Preta gravadas no Plaza São Rafael Hotel, em Porto Alegre. Fotos: Cláudia Hörbe.

A série tem 13 episódios, foi produzida pela Accorde Filmes, escrita e dirigida pelo premiado cineasta Paulo Nascimento e pode ser vista na TV, no canal por assinatura Prime Box Brazil.
A narrativa nos leva para o mundo não tão glorioso do futebol. Descrita como uma obra de ficção, Kadu (Márcio Kieling) um jogador multipremiado de 29 anos que saiu da periferia para realizar seu grande sonho, enfrenta conflitos ao entrar para valer no mundo futebolístico e acaba voltando para sua cidade natal, reencontrando o tio Jair (Nuno Leal Maia), ex-craque de 1970 que, com seus atuais sessenta e poucos anos, é a referência esquecida pelo seu sobrinho. Compra de resultados de partidas, extorsões, alienação familiar, sexo, drogas e religião são alguns dos temas instigantes na trama. O elenco tem Kadu Moliterno como o jogador fracassado Cedenir; Karin Roepke como Flávia, ex-mulher de Kadu; Zé Victor Castiel como Dr. Sangaletti, presidente do clube que traz Kadu de volta ao Brasil; Allan Souza Lima como Carniça, chefe da torcida organizada do clube de Kadu e Juan Manuel Tellategui como um árbitro envolvido em um grande esquema de corrupção.
O diretor gaúcho Paulo Nascimento tem no currículo importantes premiações de cinema. Já dirigiu os longas-metragens A superfície da Sombra (2018), Teu Mundo não cabe nos meus Olhos (2018), A Oeste do Fim do Mundo (2014), Em teu Nome (2010), A Casa Verde (2010), Valsa para Bruno Stein (2008) e Diário de um Novo Mundo (2005), além das séries de televisão Animal (2014/GNT) e Fim do Mundo (2011/RBS).


Comentários



Newsletter background

Receba nossas novidades